segunda-feira, 1 de julho de 2013

"lamechices" estúpidas e idiotas

Andei eternidades à deriva num mar de solidão, No meio de um nada, no meio de uma multidão…De nada valeu o tempo perdido, Resultou num vazio ainda maior! É triste ver a indiferença dos que estão ao nosso redor…

Parvoíce ou dramatismo… foram os sentimentos que adoptei. Inúmeras foram as vezes que não me contive e chorei, Na ânsia de a minha mente limpar… Hoje vejo que exagerei no acto de tanto dramatizar. E não porque te encontrei, mas porque finalmente sei o que é amar…!
Incrível mesmo como sem querer me prendeste a ti… Recordo assim o teu olhar, o teu sorriso e cada palavra. O futuro, fá-lo-emos nós…

(de repente tenho ainda melhor do que aquilo que procurava!)

Junho, 2012

- tão burra, pensava que sabia o que dizia.

1 comentário:

deixa a tua opinião :))